SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue3Effects of a Reading Teaching Program on the Speech Intelligibility of Children Using Cochlear ImplantInfluence of Chronotype and Measure Time on Visual Contrast Sentitivity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972On-line version ISSN 1678-7153

Abstract

BATISTONI, Samila Sathler Tavares et al. Categorização e Identificação Etária em uma Amostra de Idosos Brasileiros Residentes na Comunidade. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2015, vol.28, n.3, pp.511-521. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-7153.201528310.

Indicadores de atitudes etárias representados por categorização e identificação etária e suas relações com variáveis sociodemográficas e de saúde física e emocional foram investigados entre idosos residentes na comunidade. A amostra foi composta por 302 idosos participantes do Estudo FIBRA - Fragilidade em Idosos Brasileiros (Pólo Universidade Estadual de Campinas [Unicamp]; M = 72,3 anos; DP = 5,76; 64,6% mulheres), com escolaridade média de 3,32 anos (DP = 2,61) e renda de um a três salários mínimos (53,7%). A existência e atribuição de idade para início da velhice foram tomadas como indicadoras de categorização etária e o autorrelato de sentir-se idoso indicou identificação etária. Embora a maior parte dos idosos tenha atribuído uma idade para esse início (M = 62,3 anos; DP = 14,66), a maioria (60,3%) não se identificou como pertencente a essa categoria etária. Escolaridade, fragilidade e satisfação com a vida revelaram ser importantes preditores dessas atitudes em relação à velhice.

Keywords : Atitudes; idosos; envelhecimento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )