SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número1Delegação e integração regional: aspectos teóricos do paradigma principal-agente aplicado ao sistema europeuDesequilíbrios norte-americanos, novas práticas comerciais e enfraquecimento do dólar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Contexto Internacional

versão impressa ISSN 0102-8529

Resumo

BEKERMAN, Marta  e  MONTAGU, Haroldo. Impacto dos fatores macro e microeconômicos nas relações comerciais: o caso da Argentina e do Brasil. Contexto int. [online]. 2009, vol.31, n.1, pp. 115-158. ISSN 0102-8529.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-85292009000100004.

O trabalho analisa os fatores macro e microeconômicos que impulsionaram as recentes mudanças profundas registradas na relação comercial entre o Brasil e a Argentina, caracterizadas por um déficit argentino crescente. Conclui-se, do ponto de vista macro, que os comportamentos dos níveis de atividade econômica e do tipo de câmbio bilateral não são suficientes para explicar as transformações indicadas. São analisados, então, os fatores microeconômicos vinculados com um aprofundamento dos saldos negativos do intercâmbio bilateral de manufaturas de origem industrial, e uma diminuição dos saldos positivos dos demais itens (produtos primários, manufaturas de origem agropecuária e combustíveis) para a Argentina. As conclusões indicam que a evolução da relação comercial bilateral está fortemente vinculda com mudanças na esfera produtiva sofridas por ambas as nações. Isto, longe de sugerir uma situação fechada ou concluída, enfatiza a necessidade de coordenar futuras estratégias regionais para fortalecer um comércio do tipo intraindustrial que consolide a situação competitiva do Mercosul em relação a terceiros mercados.

Palavras-chave : Relações Comerciais; Políticas Macro e Microeconômicas; Integração Regional; Estratégias Produtivas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português