SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue1The speeches of Tony Blair: the concept of terrorism and the instabilities of its structures author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Contexto Internacional

Print version ISSN 0102-8529

Abstract

RESENDE, Erica Simone Almeida. Aporia e trauma na crise de significados do Onze de Setembro. Contexto int. [online]. 2010, vol.32, n.1, pp. 205-238. ISSN 0102-8529.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-85292010000100007.

Recorrendo a conceitos e a teorias que relacionam significados, representações, memória e trauma, destacaremos como os acontecimentos de Onze de Setembro foram capazes de desestabilizar representações e significados, quebrar a linha da História, subverter sentidos, romper percepções espaço-temporais e abalar as grades de inteligibilidade que permitiam que os americanos dessem sentido à realidade e a si próprios. Nosso objetivo é compreender como representações mudas e hiper-reais dos eventos de 2001 provocaram uma situação de falha de linguagem, o que teria resultado em um momento de aporia. Arguiremos que o Onze de Setembro, devido à dificuldade de significação, encontrar-se-ia no cerne de um trauma nos imaginários coletivos americanos.

Keywords : Estados Unidos; Onze de Setembro; Representações; Significação; Trauma.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese