SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Effect of alpha-tocopherol on the ischemia/reperfusion lesions induced in the hindlimb of ratsIncisional hernia: an experimental model in rabbits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

JORGE, Gracinda De Lourdes et al. Novo modelo experimental de obstrução biliar em ratos Wistar. Acta Cir. Bras. [online]. 2001, vol.16, n.2, pp. 75-81. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502001000200003.

O objetivo desse experimento foi o desenvolvimento de um modelo de obstrução do ducto biliar, através de procedimento cirúrgico sem ligadura ou secção do mesmo, que permitisse a evolução para cirrose e mantivesse a via biliar extra-hepática facilmente acessível a eventuais manuseios. Foram utilizados 48 ratos Wistar, distribuídos em três grupos: 32 animais foram submetidos à obstrução do ducto hepático comum (grupo OB), 9 foram submetidos à operação simulada (grupo OS) e 7 foram adotados como controle para análise histológica (grupo OC). No desenvolvimento da técnica, o ducto hepático foi isolado logo após sua emergência justa-pancreática, deixando-se 1 cm de ducto livre, reparado com fio de polipropileno. Em seguida procedeu-se à exposição do apêndice xifóide e, através de marcador de orelha de rato, foi feito um pequeno orifício circular. Passou-se, por este, o fio de polipropileno e tracionou-se até o ducto biliar formar uma alça acima do orificio do apendice xifóide. Deste modo um cateter de silicone foi colocado sob esta alça. O ducto biliar permaneceu, portanto, tracionado e exposto entre a musculatura e a pele. O fechamento da parede muscular e da pele foi feito com sutura contínua. A avaliação histopatológica do fígado destes animais e os efeitos bioquímicos séricos foram realizados após 30 dias da obstrução. Nos ratos do grupo OB ocorreu aumento significativo nas dosagens séricas da bilirrubina, das aminotransferases (ALT e AST), da fosfatase alcalina, da gamaglutamiltransferase e redução significativa da albumina sérica quando comparados aos valores das dosagens dos ratos do grupo OS. A análise histológica demonstrou a formação de nódulos regenerativos em 68,7% dos casos do grupo OB, com presença de fibrose portal (de grau leve e moderado) em 96,8% dos animais, acompanhada pela formação de septos fibrosos (de grau moderado e intenso) em 87,4 %. Houve ainda intensa proliferação de ductos biliares em 81,2%, e moderada em 18,7% dos casos. Conseguiu-se desta maneira, o desenvolvimento de um modelo experimental alternativo que provoca a interrupção do fluxo bíleo-duodenal, semelhante à oclusão das vias biliares, sem necessidade de ligadura, canulação ou secção do ducto biliar. A obstrução biliar provocada pela tração do ducto biliar oferece excelentes condições de pesquisa desde o momento da interrupção do fluxo biliar até o desenvolvimento de colestase, acompanhada pela distorção da arquitetura hepática, caracterizada por fibrose portal com formação de septos e transformação nodular multi-focal.

Keywords : Obstrução biliar experimental; Cirrose biliar secundária; Colestase.

        · abstract in English     · text in English