SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.4 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

POLYCARPO, Adriana et al. Determinação do antígeno carcinoembrionário biliar na detecção das metástases hepáticas do carcinoma colorretal. Acta Cir. Bras. [online]. 2003, vol.18, suppl.4, pp. 4-9. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003001000002.

OBJETIVO: Analisar, prospectivamente, os resultados da determinação do antígeno carcinoembriário (CEA) na bile vesicular, relacionando-os com os aspectos morfológicos e clínicos da neoplasia e recidiva hepática. MÉTODOS: Os níveis do CEA foram estudados na bile vesicular e no sangue periférico de 44 doentes com carcinoma colorretal e 10 com colelitíase não complicada, a partir de amostras do CEA colhidas imediatamente antes da extirpação da neoplasia colo-retal e da colecistectomia (considerou-se valor normal até 5 ng/ml). RESULTADOS: Os 44 carcinomas colorretais extirpados com intenção curativa tiveram nível médio do CEA sérico de 8,5 ng/ml e CEA biliar, 74,5 ng/ml. Nas colelitíases não complicadas submetidas a colecistectomia, o nível médio do CEA sérico foi de 1,9 ng/ml e CEA biliar, 1,2 ng/ml. Quatro doentes submetidos à extirpação do carcinoma colo-retal, sem evidências de metástases hepáticas e com valor médio de CEA biliar de 213,2 ng/ml apresentaram metástases hepáticas entre três a 17 meses após a extirpação. CONCLUSÃO: o nível elevado de CEA biliar dos operados por carcinoma colo-retal pode indicar presença de metástases hepáticas e esses enfermos devem ser acompanhados com especial atenção para diagnosticar essas lesões.

Keywords : Antígeno carcinoembrionário; Neoplasias colorretais; Metástase neoplásica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese