SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.5Prevalence and bacterial susceptibility of hospital acquired urinary tract infectionLaparoscopic adrenalectomy: analysis of 11 pacients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

FERNANDES, Luis Pinto et al. Colinesterase e função mitocondrial hepática em cães submetidos a isquemia normotérmica e reperfusão do fígado. Acta Cir. Bras. [online]. 2003, vol.18, suppl.5, pp. 38-41. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003001200014.

OBJETIVO: A atividade plasmática da colinesterase (CHE) e a função mitocondrial do fígado expressa pela RCR- razão de controle respiratório mitocondrial foram estudadas durante a isquemia/reperfusão hepáticas. MÉTODOS: Dezesseis cães adultos sem raça definida (oito machos e oito fêmeas) foram submetidos a isquemia normotérmica por pinçamento do pedículo hepático e da veia cava inferior infra-hepática por 2 horas, seguida de 15 e 60 minutos de reperfusão.A CHE e a RCR foram avaliadas após 60 e 120 minutos de isquemia e após 15 e 60 minutos de reperfusão. RESULTADOS: Os níveis de CHE diminuíram significativamente na isquemia e reperfusão.A RCR diminuiu após 120 minutos de isquemia retornando a níveis semelhantes ao controle após a reperfusão. CONCLUSÃO: A CHE foi sensível para indicar a lesão isquêmica, sugerindo irreversibilidade da lesão. Já a RCR foi mais sensível no sentido de detectar a reversibilidade da lesão isquêmica após a reperfusão.

Keywords : Colinesterase; Função mitocondrial; Transplante de fígado; Isquemia; Reperfusão.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English