SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue5Mucosal atrophy/bacterial translocation in experimental sepsis in Wistar ratsStudy of bone repair with bovine bone devitalized matrix and calcitonin in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

CARVALHO, Celina Cordeiro de; MORAES, Sílvia Regina Arruda de; CHALEGRE, Síntya Tertuliano  and  TASHIRO, Tetsuo. Quantificação de capilares no tecido muscular esquelético em animais com insuficiência arterial periférica induzida submetidos a treinamento de endurance. Acta Cir. Bras. [online]. 2004, vol.19, n.5, pp. 487-494. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502004000500006.

OBJETIVO: Analisar quantitativamente o tecido muscular esquelético de ratos com insuficiência arterial periférica induzida após treinamento de endurance. MÉTODOS: Os animais foram preparados cirurgicamente para a oclusão total da artéria femoral direita. Após o procedimento cirúrgico os ratos foram limitados a atividades na própria gaiola (sedentários, n = 10) ou submetidos a treinamento de endurance com ciclo ergômetro de forma contínua (treinados, n = 10), que consistia em caminhada 2x/dia (manhã e tarde) a 17 m/min, por 5 minutos, 5 dias/semana por 8 e 12 semanas. Os grupos foram subdivididos com seus respectivos grupos sedentários. A análise foi realizada pela observação histológica do músculo vasto medial direito após o período de teste. RESULTADOS: No grupo de animais treinados durante 8 semanas, o número médio de capilares no tecido muscular foi maior (5,2 ± 3,834) do que no grupo sedentário (0,6 ± 0,894). No grupo de animais treinados durante 12 semanas o número médio de capilares foi maior (6,8 ± 3,033) do que no grupo sedentário (3,0 ± 2,345). O número médio de capilares entre os grupos treinados de 12 e 8 semanas também foi maior no primeiro, entretanto, não estatisticamente significante. O número médio de capilares do grupo sedentário de 12 semanas foi maior (3,0 ± 2,345) do que no grupo de 8 semanas (0,6 ± 0,894). CONCLUSÃO: Em animais com insuficiência arterial periférica induzida submetidos a treinamento de endurance, há um processo de adaptação muscular com um aumento no número de capilares.

Keywords : Neovascularização; Músculo esquelético; Treinamento de endurance.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese