SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 suppl.2Evaluation of hydroalcoholic extract of Aroeira (Shinus Terebinthifolius Raddi) in the healing process of wound skin in ratsHealing of colonic anastomosis with the use of extract aqueous of Orbignya phalerata (Babassu) in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Cirurgica Brasileira

Print version ISSN 0102-8650On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

MAIA, José Maria Ayres et al. Estudo da cicatrização de suturas na bexiga urinária de ratos com e sem a utilização de extrato bruto de Jatropha gossypiifolia L. intraperitoneal. Acta Cir. Bras. [online]. 2006, vol.21, suppl.2, pp.23-30. ISSN 0102-8650.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502006000800005.

INTRODUÇÃO: A sutura dos tecidos e sua cicatrização é um dos fundamentos básicos da cirurgia e a procura de substâncias que melhorem este processo é desafio constante. O uso de substâncias retiradas de plantas tem sido testado há muitos anos, contudo sem ainda terem comprovação científica consolidada. OBJETIVO: Comparar as alterações macroscópicas e histológicas proporcionadas pelo uso do extrato bruto da Jatropha gossypiifolia L. intraperitonial, na cicatrização de suturas realizadas na bexiga urinária de ratos. MÉTODOS: Quarenta ratos da linhagem wistar, adultos, machos foram distribuídos em dois grupos, experimento e controle. Incisão longitudinal de 1cm na parede ventral da bexiga e síntese em plano único com pontos separados de poliglactina 910 5-0 (ethicon) foi realizada nos dois grupos. No controle, instilou-se na cavidade peritoneal água destilada na proporção de 1ml/kg de peso, enquanto no grupo Jatropha utilizou-se o extrato bruto de Jatropha gossypiifolia L. na proporção de 1ml/kg, que representava 200mg/kg de peso do fitoterápico. Cada grupo foi subdividido em dois subgrupos de 10 animais, sendo estes submetidos à eutanásia no 3º e 7º dia pós-operatório. Foi feita análise macroscópica e histológica comparativa entre os subgrupos. RESULTADOS: No 3º dia foi observada diferença estatisticamente significante nas variáveis inflamação aguda, neoformação vascular e colagenização, sendo a primeira, maior no grupo controle e as duas últimas no grupo Jatropha; no 7º dia as variáveis inflamação aguda e proliferação fibroblástica apresentaram-se mais intensas, com significado estatístico, no grupo controle. CONCLUSÃO: Não se observou efeito favorecedor cicatrizante do extrato bruto da Jatropha gossypiifolia L., intraperitonealmente aplicado, na bexiga urinária de ratos.

Keywords : Jatropha gossypiifolia L. Fitoterapia; Cicatrização de Feridas; Bexiga; Ratos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License