SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Survival of a cohort of patients with Intermediate and advanced gall bladder cancer treated with a prospective therapeutic protocolTesticular histology after intestinal pedicle flap (cecum) apposition in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

MARTINEZ, Carlos Augusto Real et al. Quantificação por morfometria computadorizada dos níveis teciduais de sulfomucinas e sialomucinas na colite de exclusão em ratos. Acta Cir. Bras. [online]. 2010, vol.25, n.3, pp. 231-240. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502010000300004.

OBJETIVO: Quantificar, por meio de processamento de imagem assistida por computador, a intensidade de expressão de sulfomucinas e sialomucinas na mucosa cólica comparando segmentos com e sem trânsito e relacionando-a ao tempo de exclusão de trânsito fecal. MÉTODOS: Quarenta e cinco ratos Wistar machos foram submetidos à derivação do trânsito no cólon esquerdo pela confecção de colostomia proximal e fístula mucosa distal. Foram divididos de forma randomizada em três grupos experimentais de 15 animais, nos quais 10 foram submetidos à derivação do trânsito cólico (subgrupo experimental) e cinco somente a laparotomia exploradora sem desvio do trânsito fecal (subgrupo controle). Os três grupos experimentais foram formados segundo o sacrifício ter sido realizado em seis (grupo A), 12 (Grupo B) e 18 semanas (Grupo C). A avaliação da expressão de sulfomucinas e sialomucinas na mucosa cólica foi realizada pela técnica histoquímica da diamina de ferro alto alcian-blue (HID-AB). A quantificação da expressão tecidual foi determinada, para cada animal, nos segmentos com e sem trânsito, em local onde existiam quatro criptas contíguas e íntegras em dois campos aleatórios com auxílio de programa de análise de imagem assistida por computador. Adotou-se como valor final a média das leituras dos dois campos selecionados, nos segmentos providos e desprovidos de trânsito fecal. Na comparação entre a expressão dos dois subtipos de mucinas nos segmentos com e sem trânsito fecal utilizou-se o teste t de Student pareado. Para análise de variância segundo o tempo de exclusão utilizou-se o teste de ANOVA com o pós-teste de Newmann-Keuls, estabelecendo-se nível de significância de 5% (p<0,05). RESULTADOS: Houve redução significante no conteúdo tecidual de sulfomucinas e sialomucinas no cólon desprovido de trânsito fecal, independente do tempo de exclusão considerado. Houve aumento no conteúdo tecidual de sulfomucinas e diminuição de sialomucinas nos segmentos exclusos de trânsito fecal com o progredir do tempo de exclusão. CONCLUSÕES: A derivação do trânsito fecal diminui o conteúdo tecidual de sulfomucinas e sialomucinas nos segmentos desprovidos de trânsito fecal. Não obstante a redução do conteúdo de ambos os subtipos de mucinas ácidas nos segmentos desprovidos de trânsito fecal existe aumento no conteúdo tecidual de sulfomucinas e redução no conteúdo de sialomucinas com o progredir do tempo de derivação intestinal.

Keywords : Cólon; Colite; Colostomia; Mucinas; Sialomucinas; Processamento de Imagem Assistida por Computador; Ratos.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English