SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Survival of a cohort of patients with Intermediate and advanced gall bladder cancer treated with a prospective therapeutic protocolTesticular histology after intestinal pedicle flap (cecum) apposition in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

MARTINEZ, Carlos Augusto Real et al. Quantificação por morfometria computadorizada dos níveis teciduais de sulfomucinas e sialomucinas na colite de exclusão em ratos. Acta Cir. Bras. [online]. 2010, vol.25, n.3, pp.231-240. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502010000300004.

OBJETIVO: Quantificar, por meio de processamento de imagem assistida por computador, a intensidade de expressão de sulfomucinas e sialomucinas na mucosa cólica comparando segmentos com e sem trânsito e relacionando-a ao tempo de exclusão de trânsito fecal. MÉTODOS: Quarenta e cinco ratos Wistar machos foram submetidos à derivação do trânsito no cólon esquerdo pela confecção de colostomia proximal e fístula mucosa distal. Foram divididos de forma randomizada em três grupos experimentais de 15 animais, nos quais 10 foram submetidos à derivação do trânsito cólico (subgrupo experimental) e cinco somente a laparotomia exploradora sem desvio do trânsito fecal (subgrupo controle). Os três grupos experimentais foram formados segundo o sacrifício ter sido realizado em seis (grupo A), 12 (Grupo B) e 18 semanas (Grupo C). A avaliação da expressão de sulfomucinas e sialomucinas na mucosa cólica foi realizada pela técnica histoquímica da diamina de ferro alto alcian-blue (HID-AB). A quantificação da expressão tecidual foi determinada, para cada animal, nos segmentos com e sem trânsito, em local onde existiam quatro criptas contíguas e íntegras em dois campos aleatórios com auxílio de programa de análise de imagem assistida por computador. Adotou-se como valor final a média das leituras dos dois campos selecionados, nos segmentos providos e desprovidos de trânsito fecal. Na comparação entre a expressão dos dois subtipos de mucinas nos segmentos com e sem trânsito fecal utilizou-se o teste t de Student pareado. Para análise de variância segundo o tempo de exclusão utilizou-se o teste de ANOVA com o pós-teste de Newmann-Keuls, estabelecendo-se nível de significância de 5% (p<0,05). RESULTADOS: Houve redução significante no conteúdo tecidual de sulfomucinas e sialomucinas no cólon desprovido de trânsito fecal, independente do tempo de exclusão considerado. Houve aumento no conteúdo tecidual de sulfomucinas e diminuição de sialomucinas nos segmentos exclusos de trânsito fecal com o progredir do tempo de exclusão. CONCLUSÕES: A derivação do trânsito fecal diminui o conteúdo tecidual de sulfomucinas e sialomucinas nos segmentos desprovidos de trânsito fecal. Não obstante a redução do conteúdo de ambos os subtipos de mucinas ácidas nos segmentos desprovidos de trânsito fecal existe aumento no conteúdo tecidual de sulfomucinas e redução no conteúdo de sialomucinas com o progredir do tempo de derivação intestinal.

Keywords : Cólon; Colite; Colostomia; Mucinas; Sialomucinas; Processamento de Imagem Assistida por Computador; Ratos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License