SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 suppl.1Electroacupuncture attenuates liver and kidney oxidative stress in anesthetized ratsL-alanyl-glutamine pretreatment attenuates acute inflammatory response in children submitted to palatoplasty author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

DUMARESQ, Danielle Maia Holanda et al. Efeitos metabólicos e oxidativos do sevoflurano e do propofol em crianças portadoras de cardiopatia congênita submetidas à cirurgia. Acta Cir. Bras. [online]. 2011, vol.26, suppl.1, pp. 66-71. ISSN 1678-2674.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502011000700014.

OBJETIVO: Avaliar os efeitos metabólicos e oxidativos da anestesia com sevoflurano ou propofol em crianças portadoras de cardiopatia congênita, submetidas à cirurgia eletiva. MÉTODOS: Vinte crianças com cardiopatia congênita acianótica, agendadas para a cirurgia cardíaca eletiva com circulação extracorpórea (CEC), idades 1 dia-14 anos, foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos: Grupo GP (anestesia venosa total com propofol) e grupo GS (anestesia balanceada com sevoflurano). Critérios de exclusão foram: doença cardíaca cianótica ou complexa, associação com outras malformações, doença sistêmica grave, infecção ou crianças submetidas a tratamento e cuidados paliativos ou cirurgia de emergência. Amostras de sangue foram coletadas em três horários diferentes: T0, após a canulação da artéria radial, T1, 30 minutos após o início da CEC e T2, no final do procedimento. Parâmetros analisados: substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), glutationa (GLN), lactato e piruvato. RESULTADOS: As concentrações de TBARS, GSH, lactato e piruvato não foram diferentes (teste de Friedman). A razão Lactato/piruvato (L/P) foi >10 em ambos os grupos. Houve uma correlação de Pearson moderada no TBARS, em T1 (r = 0,50, p = 0,13) e T2 (r = 0,51, p = 0,12). A correlação de Pearson foi alta entre os grupos durante a CEC (T1) para lactato (r=0,68, p=0,02), piruvato (r=0,75, p=0,01) e relação L/P (r =0,83, p=0,003). CONCLUSÃO: As técnicas anestésicas investigadas mostraram um padrão semelhante, sem aumento de substratos metabólicos ou do estresse oxidativo durante a correção cirúrgica de cardiopatias congênitas em crianças acianóticas.

Keywords : Estresse Oxidativo; Metabolismo; Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos; Anestésicos Inalatórios; Anestésicos Intravenosos.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English