SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Prevalence of nonalcoholic fatty liver disease in obese children and adolescents: a systematic reviewCeliac disease associated with Hashimoto's thyroiditis and Noonan syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582

Abstract

SANTOS, Camila Isabel da S. et al. Influência do choro e de padrões respiratórios na deposição de medicação inalatória em crianças. Rev. paul. pediatr. [online]. 2010, vol.28, n.4, pp. 394-397. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822010000400017.

OBJETIVO: Verificar a influência do choro e de padrões respiratórios na eficácia da terapia inalatória em crianças. FONTES DE DADOS: busca sistemática por artigos científicos referentes ao tema nas bases de dados Cochrane Controlled Trials Data Base, MedLine e Science Direct, publicadas no período de 1994 a 2009. Utilizaram-se os descritores: "choro", "inalação", "aerossol", "trabalho respiratório" e "criança", nos idiomas português e inglês. SÍNTESE DE DADOS: Foram selecionados 13 artigos, 12 em inglês e um em português. A maioria dos trabalhos apresenta os efeitos da terapia inalatória em crianças, sem discutir a influência do choro e de diferentes padrões respiratórios sobre a deposição da medicação. Estudos que fizeram essa relação verificaram que a respiração e, principalmente, o choro reduzem a quantidade de fármaco que chega às vias aéreas periféricas. Autores discutem as diferenças anatômicas e fisiológicas do sistema respiratório da criança que podem interferir na eficácia da terapia inalatória. Porém, a maioria deles não analisa a influência qualitativa e quantitativa dos padrões respiratórios e do choro sobre a mecânica pulmonar. CONCLUSÕES: O choro e os padrões respiratórios influenciam na terapia inalatória, sendo atribuída ao choro a redução significativa da deposição medicamentosa nas vias aéreas. Pouco se sabe sobre o princípio determinante para a alteração do potencial de deposição, pois são escassas as evidências sobre o tema, apesar de sua relevância no manejo de afecções pulmonares da população pediátrica.

Keywords : inalação; choro; trabalho respiratório.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese