SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue2Factors that influence the practice of healthcare professionals regarding pain management in newborn infantsUsage of L-carnitine as adjuvant in the treatment of dilated cardiomyopathy in a child with Aids author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582

Abstract

RODRIGUES, Lúcia Gomes; POMBO, Nina  and  KOIFMAN, Sérgio. Prevalência de alterações metabólicas em crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade: uma revisão sistemática. Rev. paul. pediatr. [online]. 2011, vol.29, n.2, pp. 277-288. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822011000200021.

OBJETIVO: Descrever a prevalência de síndrome metabólica em crianças e adolescentes com sobrepeso ou obesidade bem como os critérios utilizados em sua classificação. FONTES DOS DADOS: Revisão sistemática realizada por meio de busca eletrônica nas bases de dados Pubmed e na Biblioteca Virtual em Saúde. Os critérios de inclusão ado-tados foram apresentar dados de prevalência de síndrome metabólica em crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade, sendo publicados em português, inglês, espanhol e francês. Foram excluídos artigos de revisão, comunica-ção breve e estudos em populações com doenças de base (genética, endócrina, imunológica, hipertensão primária e presença de acantose). SÍNTESE DOS DADOS: Foram levantados 1.226 resumos, sendo selecionados 65 artigos para análise na íntegra, dos quais 46 atendiam os critérios mencionados no período de 2003 a 2009, representando cinco regiões geográficas: América do Norte (33%), América do Sul (20%), América Central (4%), Ásia (30%) e Europa (13%). As prevalências descritas variaram de 2,1 a 58,3%, sendo 31,2% a prevalência mediana. Houve divergência nos critérios, com 26 estudos usando os mesmos componentes (triglicerídeos, HDL, glico-se, circunferência de cintura e pressão arterial), sem consenso nos pontos de corte adotados. Nos demais estudos, houve inclusão de glicemia pós-prandial, índice de massa corporal, colesterol, e índice HOMA-IR. CONCLUSÕES: A prevalência descrita de síndrome metabólica em crianças e adolescentes na literatura apresentou uma ampla variabilidade, ocorrendo heterogeneidade na escolha das variáveis empregadas na definição dos componentes da doença, bem como nos pontos de corte adotados.

Keywords : síndrome X metabólica; criança; adolescente; obesidade; prevalência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese