SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Body satisfaction and lipodystrophy characteristics in HIV/AIDS children and teenagers undergoing highly active antiretroviral therapyWaist and waist-to-height ratio: useful to identify the metabolic risk of female adolescents? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582

Abstract

GUEDES, Dartagnan Pinto  and  GUEDES, Joana Elisabete R. P. Tradução, adaptação transcultural e propriedades psicométricas do KIDSCREEN-52 para a população brasileira. Rev. paul. pediatr. [online]. 2011, vol.29, n.3, pp. 364-371. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822011000300010.

OBJETIVO: O KIDSCREEN-52 é um questionário desenvolvido em países europeus para avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de crianças e adolescentes. Também fornece informações quanto às percepções de pais e tutores. O propósito do estudo foi traduzir o questionário para o português, realizar a adaptação transcultural e identificar suas propriedades psicométricas para a população brasileira. MÉTODOS: O questionário original foi traduzido de acordo com recomendações internacionais. Um comitê de juízes foi formado para analisar as versões traduzidas do questionário. O comitê utilizou como critério de análise as equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. A versão final do questionário traduzido foi administrada em uma amostra de 758 escolares de ambos os sexos e 653 pais/tutores, em Londrina (PR). Para identificar as propriedades psicométricas, foi realizada análise fatorial exploratória com rotação varimax e, na sequência, para análise da consistência interna de cada dimensão associada à qualidade de vida relacionada à saúde, foi empregado o coeficiente α de Cronbach. RESULTADOS: Após discretas modificações apontadas no processo de tradução, o comitê de juízes considerou que a versão para o português do questionário KIDSCREEN-52 apresentou equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. A análise fatorial exploratória confirmou a estrutura de dez dimensões de qualidade de vida originalmente proposta, explicando 63-69% da variância total com valores satisfatórios de consistência interna. O α de Cronbach apresentou coeficientes entre 0,725 e 0,894. CONCLUSÕES: A tradução, a adaptação transcultural e as qualidades psicométricas do questionário KIDSCREEN-52 foram satisfatórias, o que viabiliza sua aplicação em futuros estudos no Brasil.

Keywords : qualidade de vida; questionários; estudos de validação; criança; adolescente.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese