SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Octreotide for acute gastrointestinal bleeding secondary to portal hypertension in pediatric patients: experience of a tertiary centerEvaluation of knowledge of parents about safety in transportation of children in vehicles and motorcycles author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582

Abstract

AMORIM, Tatiana; BOA-SORTE, Ney; LEITE, Maria Efigênia Q  and  ACOSTA, Angelina Xavier. Aspectos clínicos e demográficos da fenilcetonúria no Estado da Bahia. Rev. paul. pediatr. [online]. 2011, vol.29, n.4, pp. 612-617. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822011000400022.

OBJETIVO: Descrever as características clínicas e demográficas dos pacientes com diagnóstico de hiperfenilalaninemia acompanhados no Serviço de Referência em Triagem Neonatal da Bahia. MÉTODOS: Estudo transversal de 99 famílias (111 afetados) com fenótipo bioquímico de hiperfenilalaninemia, com coleta de dados em prontuários e em banco de dados laboratorial, incluindo aspectos demográficos e clínicos. RESULTADOS: A incidência de hiperfenilalaninemia na Bahia foi de um caso a cada 16.334 nascidos vivos, com cobertura de 91%. Dentre os pacientes acompanhados, 82% foram diagnosticados pela triagem neonatal e, em 11 famílias, havia mais de um caso. O fenótipo clássico da fenilcetonúria foi diagnosticado em 63 (57%) pacientes. Entre os triados, a mediana de idade na primeira consulta foi 39,5 dias e, deles, 34% apresentavam sintomatologia nesse momento; nenhum com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. A consanguinidade foi descrita em 32% dos casos e houve predomínio de pacientes classificados como brancos (63%). Os pais tinham baixa escolaridade e baixa renda. Dos 417 municípios da Bahia, 15% apresentavam pelo menos um caso, com concentração na região nordeste (10%) e na capital do Estado (14%). CONCLUSÕES: Os resultados evidenciaram idade tardia ao início do tratamento, o que pode comprometer os resultados do programa. Observou-se também presença de consanguinidade e recorrência familiar, reforçando a importância da investigação familiar para diagnosticar indivíduos com deficiência mental de etiologia não esclarecida que podem se beneficiar de tratamento.

Keywords : fenilcetonúria; triagem neonatal; erros inatos do metabolismo.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese