SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Disponibilidad domiciliar de lípidos para consumo y su relación con los lípidos séricos de adolescentesComparación de las presiones respiratorias máximas entre escolares de las redes pública y privada índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Paulista de Pediatria

versión impresa ISSN 0103-0582

Resumen

HINTZE, Luzia Jaeger; CATTAI, Glauco Barnez P.; SILVA, Danilo Fernandes da  y  NARDO JUNIOR, Nelson. Estágio de prontidão para mudança de comportamento de adolescentes interessados em ingressar no Programa Multiprofissional de Tratamento da Obesidade. Rev. paul. pediatr. [online]. 2012, vol.30, n.2, pp. 237-243. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822012000200013.

OBJETIVO: Avaliar o estágio de prontidão para mudança do comportamento (EPMC) alimentar e de atividade física de adolescentes e verificar a associação entre as variáveis gênero, faixa etária e classificação do índice de massa corpórea (IMC) com o EPMC. MÉTODOS: Foram avaliados 145 adolescentes entre dez e 18 anos interessados em ingressar no Programa Multiprofissional de Tratamento da Obesidade (PMTO). As avaliações incluíram, além dos EPMC, parâmetros antropométricos. A análise estatística envolveu a aplicação do teste t de Student para amostras independentes e do teste de Mann-Whitney na comparação entre os grupos. O teste do qui-quadrado de tendência foi utilizado para verificar se houve ou não associação entre as variáveis do estudo, sendo significante p<0,05. RESULTADOS: Em relação ao comportamento alimentar (quantidade e tamanho das porções), verificou-se associação entre IMC e o EPMC. Também foi observado que os adolescentes mais velhos apresentaram EPMC mais avançado em relação ao consumo de frutas e verduras. O mesmo se verificou em relação à prática habitual de atividade física. CONCLUSÕES: Há associação entre IMC e o EPMC relacionado ao comportamento alimentar (quantidade e tamanho das porções), do mesmo modo que entre a idade e o EPMC relacionado ao consumo de frutas e vegetais e prática habitual de atividade física. Recomenda-se a realização de estudos experimentais a fim de verificar se o EPMC tem poder preditivo em programas de intervenção destinados ao tratamento do excesso de peso

Palabras llave : comportamento do adolescente; obesidade; comportamento alimentar; atividade motora.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués