SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4Tensile strength of metal crowns cemented on dental and buildup surfacesSusceptibility to antifungal drugs of Candida albicans strains isolated from patients with denture stomatitis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Odontologia da Universidade de São Paulo

Print version ISSN 0103-0663

Abstract

ODA, Margareth; MATOS, Adriana Bona  and  LIBERTI, Edson Aparecido. Morfologia da dentina tratada com substâncias dessensibilizantes: avaliação através da microscopia eletrônica de varredura. Rev Odontol Univ São Paulo [online]. 1999, vol.13, n.4, pp. 337-342. ISSN 0103-0663.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-06631999000400004.

As constantes recidivas dos tratamentos preconizados para a hipersensibilidade dentinária são causa de estudos a respeito desta patologia. Neste trabalho, in vitro, nos propomos a avaliar, por meio de microscopia eletrônica de varredura, a possível formação de película impermeabilizadora quando da aplicação de substâncias dessensibilizantes, acompanhada de condicionamento ácido da dentina. Discos de dentina, foram utilizados onde foi preparado um esfregaço padronizado, realizado condicionamento ácido e aplicação das substâncias testadas, à base de glutaraldeído, oxalato e fluoretos. Para compor o grupo controle um corpo-de-prova foi mantido sem tratamento e outro apenas condicionado com ácido. Dos resultados morfológicos obtidos pode-se concluir que o condicionamento ácido prévio ao tratamento com substâncias à base de glutaraldeído e de oxalato não é capaz de formar uma película uniforme, impermeabilizante sobre a dentina. O uso de fluoretos forma uma camada sobre a dentina facilmente removível, não produzindo porém efeitos a longo prazo nestes tipos de tratamento.

Keywords : Hipersensibilidade dentinária; Ataque ácido; MEV.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese