SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número especial 3Sujeitos da antítese e os desafios da práxis da Reforma Sanitária BrasileiraCrise social das instituições de ensino superior e a formação em saúde para o mercado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Saúde em Debate

versão impressa ISSN 0103-1104versão On-line ISSN 2358-2898

Resumo

CARVALHO, Fabio Fortunato Brasil de; COHEN, Simone Cynamon  e  AKERMAN, Marco. Refletindo sobre o instituído na Promoção da Saúde para problematizar 'dogmas'. Saúde debate [online]. 2017, vol.41, n.spe3, pp.265-276. ISSN 0103-1104.  https://doi.org/10.1590/0103-11042017s320.

O ensaio busca problematizar temas importantes para a construção teórico-conceitual da Promoção da Saúde, que é discutida a partir de múltiplas concepções. Por meio de revisão bibliográfica, buscou-se embasamento para a defesa de que a Promoção da Saúde é mais ampla que a prevenção de doenças, mas não pode prescindir dela, além da possibilidade de mudanças comportamentais construídas a partir do empoderamento dos sujeitos e coletividades e da importância da abordagem individual. Conclui-se que a Promoção da Saúde é uma importante forma de produzir saúde, o que inclui as ações cotidianas nos serviços de saúde e no espaço micropolítico da vida.

Palavras-chave : Promoção da Saúde; Prevenção de doenças; Autonomia pessoal; Atenção Primária à Saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )