SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número especial 8The crack in Manguinhos: the experience of social agents of the territoryHealth in the countryside: paths taken by the Landless Rural Workers Movement (MST) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Saúde em Debate

versión impresa ISSN 0103-1104versión On-line ISSN 2358-2898

Resumen

COSTA, Leandro Araujo da et al. Estratégia Saúde da Família rural: uma análise a partir da visão dos movimentos populares do Ceará. Saúde debate [online]. 2019, vol.43, n.spe8, pp.36-49.  Epub 07-Ago-2020. ISSN 2358-2898.  https://doi.org/10.1590/0103-11042019s803.

A conquista do direito constitucional à saúde não se efetivou em diversos cenários. A partir dessa realidade, em 2011, foi publicada a Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas (PNSIPCFA). Este artigo objetiva analisar as práticas da Estratégia Saúde da Família (ESF) em territórios rurais no Ceará. Trata-se de estudo qualitativo, descritivo, realizado com 5 movimentos populares, sendo 3 entrevistados de cada um deles, totalizando 15 participantes. Utilizaram-se entrevista semiestruturada e análise do discurso. Os movimentos apontaram que houve expansão da ESF no campo, com avanços no acesso à saúde, apesar de existirem limitações. O Programa Mais Médicos destacou-se como marco relevante. Os movimentos têm o desafio de se apropriarem da PNSIPCFA, e contribuir, juntamente com ESF, para a ampliação da participação popular em saúde e reconhecimento dos saberes e práticas populares, considerando a determinação social da saúde.

Palabras clave : Estratégia Saúde da Família; Sistema Único de Saúde; Saúde da população rural; Serviços de saúde rural.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )