SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue3Parental educational practices in families whose adolescents present law problemsChildren activity group: an humanizing process author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos de Psicologia (Campinas)

Print version ISSN 0103-166X

Abstract

MILFONT, Taciano Lemos. Estrutura fatorial da escala de auto-imagem: testando modelos alternativos. Estud. psicol. (Campinas) [online]. 2005, vol.22, n.3, pp. 277-290. ISSN 0103-166X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2005000300006.

Desde sua publicação, a Escala de Auto-Imagem tem sido um importante instrumento para medir as auto-imagens Independente e Interdependente. No Brasil, a Escala de Auto-Imagem foi adaptada por Gouveia, Singelis e Coelho (2002), que confirmaram sua estrutura bifatorial. O estudo de Hardin, Leong e Bhagwat (2004), no entanto, aponta uma estrutura multifatorial, com seis fatores subjacentes aos itens da Escala de Auto-Imagem. Este estudo apresenta resultados de análises fatoriais confirmatórias com base em dados de 658 universitários, a maioria do sexo masculino e com idades variando entre 17 e 42 anos (M=19,9; DP=2,5). O modelo hierárquico, com seis fatores de primeira ordem e dois de segunda, apresentou índices satisfatórios de bondade de ajuste [c2(398)=1163,99; índice de bondade de ajuste=0,89; índice de bondade de ajuste ajustado=0,88; raiz quadrada média do erro de aproximação=0,054; raiz quadrada média residual estandartizada=0,064]. Resultados de correlações com os valores humanos básicos e diferenças quanto ao gênero também são apresentados, confirmando a validade dos seis novos fatores.

Keywords : análise fatorial; auto-imagem; escala de auto-imagem; estudantes universitários; interdependência [personalidade].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese