SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1A inteligência espiritual e os raciocínios abstrato, verbal e numéricoRelações entre práticas educativas maternas e problemas de externalização em pré-escolares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Campinas)

versão impressa ISSN 0103-166X

Resumo

CAZASSA, Milton José  e  OLIVEIRA, Margareth da Silva. Validação brasileira do questionário de esquemas de Young: forma breve. Estud. psicol. (Campinas) [online]. 2012, vol.29, n.1, pp. 23-31. ISSN 0103-166X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2012000100003.

Esta pesquisa objetivou estudar as propriedades psicométricas da versão brasileira do questionário de esquemas de Young, forma reduzida, e mapear os esquemas cognitivos na amostra, buscando estabelecer correlações entre os níveis de ansiedade, depressão, desajustamento psicossocial e vulnerabilidade com os esquemas iniciais desadaptativos. A metodologia utilizada foi quantitativa, sendo a amostra da pesquisa constituída por 372 participantes. Os instrumentos utilizados foram um Questionário de Dados Sociodemográficos, o Questionário de Esquemas de Young - versão breve - e a Escala Fatorial de Ajustamento Emocional/Neuroticismo. Os resultados achados demonstraram a existência de validade na versão brasileira do Questionário de Esquemas de Young (forma breve) com relação à amostra estudada. Os resultados apontaram para o satisfatório grau de confiabilidade (a=0,955) e para a capacidade de discriminação do questionário, assim como para a validade concorrente com relação à escala fatorial de ajustamento emocional/neuroticismo.

Palavras-chave : Esquemas; Psicométria; Questionário de esquemas de Young; Terapia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português