SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36Construção e verificação da estrutura interna do Inventário de Rastreamento do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade em AdultosEvidências iniciais de validade da escala de liderança virtuosa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos de Psicologia (Campinas)

versão impressa ISSN 0103-166Xversão On-line ISSN 1982-0275

Resumo

SILVA, Lília Bittencourt  e  GONDIM, Sônia Maria Guedes. Escala de trabalho emocional: adaptação e evidências de validade. Estud. psicol. (Campinas) [online]. 2019, vol.36, e170065.  Epub 21-Jan-2019. ISSN 1982-0275.  https://doi.org/10.1590/1982-0275201936e170065.

Trabalho emocional é um processo de gerenciamento da expressão das emoções e dos sentimentos internos, com base nas demandas emocionais exigidas pela ocupação ou contexto de trabalho. O estudo adaptou a Escala de Trabalho Emocional desenvolvida por Brotheridge e Lee à categoria de artistas brasileiros (Estudo 1), bem como buscou evidências de validade (Estudo 2). Participaram da pesquisa 521 artistas, a maioria músicos e atores de teatro, com idade média de 39 anos. Foram seguidos procedimentos metodológicos para adaptação e aplicação da medida. Para a análise de dados, a amostra foi subdividida em duas, destinando-se a Amostra 1 à análise fatorial exploratória, e a Amostra 2 à análise fatorial confirmatória. Apesar de ter havido perda de itens, os resultados trouxeram evidência confirmatória do modelo tripartite de trabalho emocional: demandas emocionais de trabalho, estratégias de ação superficial e estratégias de ação profunda. Sugere-se que a medida possa ser usada para outras ocupações.

Palavras-chave : Adaptação; Arte; Emoções; Estudos de validação; Trabalho.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )