SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue2Reading and interpreting images for translatingThe translators working at Casa do Arco do Cego and the enlightened science: conciliation through words author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Trabalhos em Linguística Aplicada

Print version ISSN 0103-1813

Abstract

RODRIGUES, Cristina Carneiro. As traduções de Bates: dois naturalistas no Rio Amazonas. Trab. linguist. apl. [online]. 2011, vol.50, n.2, pp. 281-300. ISSN 0103-1813.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-18132011000200004.

Neste trabalho analisam-se duas traduções do relato da viagem do naturalista Henry Walter Bates pela Amazônia, uma publicada em 1944 na Coleção Brasiliana feita pelo naturalista Candido de Mello-Leitão, outra editada em 1979 na Coleção Reconquista do Brasil, assinada por Regina Regis Junqueira. O objetivo do artigo é problematizar a demarcação de limites nítidos entre uma ética da diferença e uma ética da igualdade, pois, em ambos os textos, tanto ocorre um movimento no sentido de preservar a alteridade do texto e do autor, quanto no de domesticar o texto. A análise busca também evidenciar que cada tradução, realizada a partir de diferentes projetos editoriais e tradutórios, acaba por suscitar diferentes imagens do naturalista e dos lugares por ele visitados.

Keywords : relatos de viagem; história da tradução no Brasil; coleção brasiliana; coleção reconquista do Brasil; ética da igualdade; ética da diferença; identidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese