SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue2Second-hand hands? (In)direct translation and the matter of relationTruth in translation: a testimony of the pain of words author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Trabalhos em Linguística Aplicada

Print version ISSN 0103-1813

Abstract

PIETROLUONGO, Márcia Atálla. Intérprete, tu serás. Trab. linguist. apl. [online]. 2011, vol.50, n.2, pp. 443-458. ISSN 0103-1813.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-18132011000200013.

País bilíngue, fundamental no campo dos Estudos da Tradução por suas pesquisas em Terminologia e em Tradução jurídica, o Canadá promoveu e promove inúmeras iniciativas públicas, através de seu Bureau de Traduction, dentre outros organismos, para responder às diversas necessidades nacionais internas. O presente trabalho apresentará um acórdão da Corte Suprema da Nova-Escócia, província do Canadá, conhecido na jurisprudência canadense como o Acórdão Tran (1994), importante documento que estabeleceu pela primeira vez critérios para a fundamentação da "boa interpretação" no meio judicial. Tal decisão da Corte canadense foi incorporada ao Guia para Intérpretes Judiciários, do Ministério da Justiça do Quebec - Direção Geral dos Serviços de Justiça e dos Registros (janeiro de 2001, com edição revista em 2008), traduzido e adaptado por Pierrette Richard, Intérprete Judiciária no Palácio de Justiça de Montreal, do Freelance Court Interpreter's (1995), produzido pelo Serviço de Interpretação Judiciária do Ministério do Procurador Geral de Ontario.

Keywords : deontologia; interpretação judiciária.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese