SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue3Os empregados da agricultura brasileira: diferenciais e determinantes salariais author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Economia e Sociologia Rural

Print version ISSN 0103-2003

Abstract

SANTOS, Fernando Antônio Agra; FARIA, Roberto Araújo de  and  TEIXEIRA, Erly Cardoso. Mudança da composição agrícola em duas regiões de Minas Gerais. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2008, vol.46, n.3, pp. 579-595. ISSN 0103-2003.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20032008000300001.

O objetivo deste trabalho é analisar a evolução da área cultivada nas mesorregiões do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e Zona da Mata, devido às grandes mudanças observadas na agropecuária mineira no período 1995/96 em relação a 1985. A metodologia divide-se em duas etapas: num primeiro momento será feita uma análise de decomposição da variação na área nos efeitos escala e substituição; a segunda etapa consiste em estimar um modelo econométrico da cultura que apresentou os maiores índices de expansão de área e de substituição sobre as demais, com o intuito de identificar os principais fatores responsáveis por tal desempenho. Observa-se que o arroz é a cultura que teve a sua área reduzida em todas as regiões, devido aos elevados custos de produção. Com relação ao café, verifica-se considerável expansão nas áreas colhidas na microrregião de Manhuaçu, principalmente por causa do clima e da topografia favoráveis. As pastagens destacam-se em termos de expansão de área nas duas mesorregiões. Ressalta-se que, à medida que a mão-de-obra torna-se escassa, mais se expandem as áreas com pastagens; para cada 1% de queda na oferta de mão-de-obra na região, a área com pastagens expande-se 0,8%.

Keywords : Composição agrícola; efeito escala; efeito substituição.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese