SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue1Um estudo das deliberações da Câmara Setorial do Açúcar e do Álcool, usando análise de correspondênciaIntegração espacial de mercados na presença de custos de transação: um estudo para o mercado de boi gordo em Minas Gerais e São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Economia e Sociologia Rural

Print version ISSN 0103-2003

Abstract

HUNT, Diana et al. Comparação de indicadores de desempenho de produtores de leite localizados dentro e fora de assentamentos de reforma agrária no Triângulo Mineiro. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2009, vol.47, n.1, pp. 211-248. ISSN 0103-2003.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20032009000100008.

Na discussão sobre uma reforma agrária no Brasil, um ponto central é a competitividade dos assentamentos. Por isso, este estudo comparativo entre produtores leiteiros localizados dentro e fora dos assentamentos de reforma agrária busca ampliar a compreensão do potencial econômico e técnico dos assentados. A pesquisa perfaz 81 entrevistas: com 39 produtores de leite do assentamento "Rio das Pedras", no Triângulo Mineiro, com 42 produtores de leite fora do assentamento - nos municípios limítrofes de Uberlândia e Monte Alegre (MG). A pesquisa de campo foi feita entre abril e o início de junho de 2006, mas os dados se referem à produção, aos custos e à renda obtida no mês de março do mesmo ano. Foi recorrido a vários indicadores de desempenho econômico e técnico na produção de leite, como a margem bruta que corresponde à diferença entre receita e custo operacional. Os dados revelaram que a diferença entre as margens brutas médias por litro de leite dos produtores fora e dentro do assentamento é significativa, e a margem bruta média por litro de leite é maior para os produtores de fora do assentamento. A diferença nas margens brutas médias por litro de leite entre os produtores fora e dentro do assentamento resulta do preço por litro leite mais elevado obtido pelos grandes produtores de fora do assentamento. As maiores margens brutas totais foram encontradas entre produtores que produziram de 500 a 999 litros. As maiores margens brutas por litro de leite foram obtidas por médios ou pequenos produtores, inclusive assentados. Em ambos os grupos pesquisados, houve uma grande variação no desempenho. O conjunto dos indicadores de desempenho utilizados não aponta uma superioridade absoluta dos produtores de leite do entorno sobre os assentados. Produtores com desempenho fraco foram encontrados entre grandes e pequenos, independentemente de localização. Com esses resultados, recomenda-se a identificação e a implementação de ações para elevar o preço do litro de leite para os pequenos produtores da região. Este estudo revelou, também, a necessidade de reavaliar a intensidade ótima no uso de insumos adquiridos e de difundir as melhores práticas de produção entre produtores com dotações de recursos similares.

Keywords : reforma agrária; competitividade; eficiência; setor lácteo; Triângulo Mineiro.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese