SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número2A precariedade do transporte rodoviário brasileiro para o escoamento da produção de soja do Centro-Oeste: situação e perspectivas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Economia e Sociologia Rural

versão impressa ISSN 0103-2003

Resumo

PORTO, Rafael Gastal; BEZERRA, Antônio Jorge Amaral; PORTO, Victor Hugo da Fonseca  e  CALDAS, Nádia Velleda. Pecuária familiar: a emergência de uma categoria social no Sul do Brasil. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2010, vol.48, n.2, pp.473-494. ISSN 0103-2003.  https://doi.org/10.1590/S0103-20032010000200010.

Este trabalho tem como objetivo identificar e caracterizar a pecuária familiar no município de Bagé, estado do Rio Grande do Sul (RS), segundo alguns critérios (estrutura fundiária, modalidade de exploração, natureza da mão de obra, finalidade da produção, comercialização, intermediários, integração da produção, renda agrícola e renda não-agrícola). Foram realizadas entrevistas diretas a produtores durante os meses de maio e junho de 2007, nas localidades rurais de Palmas, Olhos D'Água, Coxilha do Haedo, Serrilhada e Santa Tecla, totalizando 40 questionários aplicados. A análise de frequência foi utilizada para o tratamento dos dados. A pesquisa apontou que 80% dos produtores exploram áreas até 200 hectares e que, para 87,5%, a força de trabalho é exclusivamente de caráter familiar. Quanto à renda agrícola, 70% dos entrevistados responderam ser inferior a dois salários mínimos. O estudo revelou, ainda, a importância das rendas não-agrícolas em relação à renda total, particularmente das aposentadorias e pensões, que funcionam como instrumento essencial de reprodução social das famílias.

Palavras-chave : agricultura familiar; bovinos de corte; caracterização.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons