SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue1Política de Crédito do BNDES e Sustentabilidade de Crescimento do Setor Primário author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Economia e Sociologia Rural

Print version ISSN 0103-2003On-line version ISSN 1806-9479

Abstract

SCHEMBERGUE, Altamir et al. Sistemas Agroflorestais como Estratégia de Adaptação aos Desafios das Mudanças Climáticas no Brasil. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2017, vol.55, n.1, pp.9-30. ISSN 1806-9479.  https://doi.org/10.1590/1234-56781806-94790550101.

O presente artigo analisou o papel desempenhado pelos sistemas agroflorestais (SAF’s) como medida adaptativa às mudanças climáticas no Brasil. Foi desenvolvido um modelo de efeito de tratamento (Propensity Score Matching), que permitiu identificar os principais determinantes do uso de SAF’s e se municípios nos quais essa técnica é utilizada são menos vulneráveis às mudanças climáticas. Os resultados indicaram que variáveis socioeconômicas (propriedade da terra, opções de financiamento, acesso a informações e assistência técnica) e agronômicas (disponibilidade de recursos hídricos e qualidade do solo) influenciam a adoção de SAF’s nos municípios brasileiros. As condições climáticas (temperatura e precipitação) também têm participação importante no emprego desses sistemas, o que confirma seu papel de estratégia adaptativa. Conclui-se também que os SAF’s têm potencial de melhorar o desempenho agrícola brasileiro, já que o valor da terra tende a ser maior em municípios onde esses sistemas são utilizados. Desse modo, os SAF’s podem tornar o setor agropecuário menos exposto aos efeitos negativos das mudanças climáticas, tanto no presente quanto em cenários futuros.

Keywords : Mudanças climáticas; Agricultura; Adaptação; Sistemas agroflorestais..

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )