SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue2The time of work: time-to-come in face of spacialized timeWork: the democratic challenge author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Tempo Social

Print version ISSN 0103-2070

Abstract

MARKERT, Werner. Trabalho e consciência: mudanças na sociedade do trabalho e a reconstrução da teoria de classe. Tempo soc. [online]. 2002, vol.14, n.2, pp. 19-36. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20702002000200002.

Este artigo busca discutir as possibilidades e limitações de se utilizar para a análise das sociedades industriais modernas o conceito de classe advindo das determinações econômicas do marxismo. Com a aumento da complexidade destas sociedades e de suas formas de produzir, com a predominância de novos setores como o de serviços no processo de reprodução do capital, como dar conta e criar um conceito que integre todos os excluídos e incluídos no sistema capitalista de trabalho e que dê conta das novas possibilidades de constituição de uma consciência política comum. Tendo por referência a discussão alemã contemporânea sobre a questão, busca-se entender que as tendências da reorganização sistêmica da produção em empresas modernas, provocam, na sua forma inovadora, uma mudança no status do trabalhador na fábrica e na sua consciência tradicional.

Keywords : classe social; consciência de classe; ação política; produção sistêmica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese