SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2The lopsided continent (Latin America)Measuring discrimination índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Tempo Social

versión impresa ISSN 0103-2070

Resumen

TILLY, Charles. O acesso desigual ao conhecimento científico. Tempo soc. [online]. 2006, vol.18, n.2, pp. 47-63. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20702006000200003.

Aqui são tratadas algumas questões relativas ao acesso desigual ao conhecimento científico que afeta o bem-estar humano: controle sobre sua produção e distribuição e acesso a esse conhecimento por pessoas cujo bem-estar será ou poderá ser afetado por ele. Certamente não fornecerei respostas convincentes e abrangentes às questões, mas pretendo mostrar por que e como elas são importantes. O acesso ao conhecimento científico envolve os temas da ação, da identidade e da liberdade em três aspectos distintos. Em primeiro lugar, a produção e a distribuição de conhecimento científico dependem de agentes informados que, de forma quase inevitável, reservam o conhecimento para vantagem própria e de seus financiadores. Em segundo lugar, o controle sobre o conhecimento científico se organiza em torno de fronteiras definidoras de identidade, que dividem, de um lado, os que têm direitos a esse conhecimento e, de outro, os que carecem de tais direitos. Em terceiro lugar, a superação das barreiras entre os beneficiários e as vítimas do acesso desigual exige, normalmente, a ação heróica de advogados e autoridades políticas.

Palabras llave : Conhecimento científico; Desigualdades; Desigualdade categórica; Identidades.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués