SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1The quality of teachers as a factor in school efficiencyThe takeover of the education by economists author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Tempo Social

Print version ISSN 0103-2070

Abstract

SAINT-MARTIN, Monique de; ROCHA, Daniella de Castro  and  HEREDIA, Mariana. Trocas intergeracionais e construção de fronteiras sociais na França. Tempo soc. [online]. 2008, vol.20, n.1, pp. 135-162. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20702008000100007.

Na sociedade francesa contemporânea, as antigas desigualdades perduram e novas desigualdades se manifestam, particularmente com a desestabilização crescente das posições sociais e profissionais ocupadas. A noção de fronteira revela-se, assim, essencial: as fronteiras delimitam os contornos das categorias sociais, mas abrem também espaços de troca e de encontro. Buscando apreender os processos de construção e/ou de fragilização das fronteiras sociais, uma pesquisa qualitativa foi realizada junto a famílias (pais e jovens) de diferentes grupos sociais, com interesse pela construção simbólica e percepção das fronteiras entre as diferentes classes sociais, e também sua construção no interior das mesmas. As classes sociais continuam a constituir o fundamento de fronteiras "subjetivas". No entanto, o caráter fluido e complexo das experiências sociais exige dos atores mais trabalho de coerência e de adaptação.

Keywords : Classes sociais; Fronteira social; Instabilidade das posições; Hierarquias sociais; Trocas geracionais; França.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese