SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1Exploring the concept of networks in migration processesIdeas, interests and institutional changes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Tempo Social

Print version ISSN 0103-2070

Abstract

RAMASSOTE, Rodrigo Martins. A sociologia clandestina de Antonio Candido. Tempo soc. [online]. 2008, vol.20, n.1, pp. 219-237. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20702008000100011.

Este trabalho procura discutir as relações entre crítica literária e ciências sociais em alguns dos principais ensaios de Antonio Candido. Por meio da análise de "Dialética da malandragem" (1970) e "De Cortiço a cortiço" (1993), pretende-se identificar e demonstrar a procedência e a inspiração de certos modelos sociológicos subjacentes a esses ensaios, buscando por essa via articulá-los, respectivamente, com preocupações derivadas da produção sociológica do próprio autor e com certos núcleos temáticos desenvolvidos pela chamada Escola Paulista de Sociologia. Na parte final, sugiro a possibilidade de apreender parte substantiva da produção crítica de Antonio Candido a partir de um diálogo estreito e criativo com questões relacionadas com o temário do pensamento social brasileiro, remetendo a uma dupla inserção de tradições disciplinares, responsáveis pela composição de um projeto autoral cujas principais coordenadas articulam ensaísmo social e crítica literária, ciências sociais e análise estética.

Keywords : Antonio Candido; História intelectual; Crítica literária; Escola Paulista de Sociologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese