SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Participação social e gestão pública no Sistema Único de SaúdeO trabalho como determinante do processo saúde-doença índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tempo Social

versão impressa ISSN 0103-2070versão On-line ISSN 1809-4554

Resumo

BARROS, Nelson Filice de  e  SILVA, Rafael Afonso da. Cientistas sociais no Sistema Único de Saúde. Tempo soc. [online]. 2015, vol.27, n.1, pp.49-71. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-20702015016.

Embora exista uma tradição de cientistas sociais atuando no campo da saúde no Brasil, essa força de trabalho e suas contribuições são praticamente invisíveis. O objetivo deste artigo é discutir os resultados de duas investigações complementares, realizadas nos 645 municípios do estado de São Paulo, a fim de compreender a visão dos gestores de saúde e de cientistas sociais sobre o trabalho desses gestores no Sistema Único de Saúde (SUS). Concluiu-se que o ingresso para o trabalho no campo da saúde não é planejado e que a condição de invisibilidade, colonização e estranhamento dessa força de trabalho é promovida pelas internalidades tanto do campo da saúde como do campo das ciências sociais.

Palavras-chave : Sociologia da saúde; Trabalho; Invisibilidade social; Sociologia de grupos profissionais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )