SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1A globalização da cura espírita Biomedicina, João de Deus e seus seguidores australianosSofrimento psíquico, individualismo e uso de psicotrópicos: Saúde mental e individualidade contemporânea índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tempo Social

versão impressa ISSN 0103-2070versão On-line ISSN 1809-4554

Resumo

MITJAVILA, Myriam. Medicalização, risco e controle social. Tempo soc. [online]. 2015, vol.27, n.1, pp.117-137. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-20702015015.

O artigo examina as relações entre o funcionamento do risco como dispositivo biopolítico e os processos de medicalização de comportamentos desviantes nas sociedades contemporâneas. Analisam-se algumas estratégias e tecnologias biopolíticas de medicalização do crime e da periculosidade criminal, do ponto de vista do papel do risco como elemento articulador das dimensões microfísica e biopolítica da medicalização da vida social e das conexões entre saber médico e controle social.

Palavras-chave : Medicalização; Risco; Biopolítica; Psiquiatria; Crime.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )