SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número2Um paraíso selvagem: A Amazônia e os romances regionalistas de Raimundo Moraes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tempo Social

versão impressa ISSN 0103-2070versão On-line ISSN 1809-4554

Resumo

BORGES, Camila Furlanetti; BAPTISTA, Tatiana Wargas de Faria  e  MATTOS, Ruben Araujo de. Um olhar arqueológico da saúde pública brasileira. Tempo soc. [online]. 2016, vol.28, n.2, pp.213-228. ISSN 1809-4554.  http://dx.doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2016.102344.

Com base na análise arqueológica de artigos da saúde publicados entre 1950 e 1980, foram descritos enunciados e regularidades a partir de quatro âmbitos: tempo, espaço, desenvolvimento e Estado. Dois modos discursivos foram identificados: em nome da nação e pró-desenvolvimentismo. O primeiro não enunciava reivindicação de direitos, e o segundo relacionava direito, saúde e desenvolvimento com a delimitação do Estado e das ações de relevância pública. Aponta-se para a necessidade de investigar as estratégias discursivas da saúde a partir de 1980, atentando especialmente para o funcionamento discursivo dos enunciados sobre direito e desenvolvimento, pois talvez tenha ocorrido uma inflexão na própria noção de direito como igualdade entre os cidadãos.

Palavras-chave : Reforma sanitária; Campo da saúde; Análise arqueológica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )