SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue6Department of Justice decision regarding cases of violence against children and teenagersNursing practice in vaccines preservation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Paulista de Enfermagem

Print version ISSN 0103-2100

Abstract

SAPIA, Tatiana; FELLI, Vanda Elisa Andres  and  CIAMPONE, Maria Helena Trench. Problemas de saúde de trabalhadores de enfermagem em ambulatórios pela exposição à cargas fisiológicas. Acta paul. enferm. [online]. 2009, vol.22, n.6, pp. 808-813. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000600013.

Objetivo: Identificar os problemas de saúde gerados na exposição a cargas fisiológicas, o Índice de Massa Corporal (IMC) dos trabalhadores de enfermagem e o impacto destes na qualidade de vida dos trabalhadores de enfermagem. Métodos: Estudo descritivo de abordagem quanti-qualitativa realizado em um ambulatório de um hospital universitário da cidade de São Paulo. A população foi constituída pelos 19 trabalhadores de enfermagem da unidade. O instrumento de coleta de dados foi o formulário, aplicado pela técnica de entrevista. Resultados: A alta freqüência de exposição dos trabalhadores a cargas fisiológicas (42,1%), associada ao alto IMC (26,3% obesos) é geradora de distúrbios osteomusculares relacionados à prática do trabalho, cujo principal sintoma é a dor em diferentes regiões. Também as varizes e os microvasos nas pernas e calosidades nos pés são relatados. Conclusão: Apesar do ambulatório ser considerado "prêmio", os problemas de saúde relatados interferem negativamente na qualidade de vida e trabalho.

Keywords : Riscos ocupacionais; Saúde do trabalhador; Qualidade de vida.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese