SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número2Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da Parental Stress Scale: Neonatal Intensive Care Unit (PSS:NICU)Colonização por micro-organismo resistente e infecção relacionada ao cuidar em saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Acta Paulista de Enfermagem

versão impressa ISSN 0103-2100

Resumo

BESSA, Maria Eliana Peixoto et al. Idosas residentes em instituições de longa permanência: uso dos espaços na construção do cotidiano. Acta paul. enferm. [online]. 2012, vol.25, n.2, pp. 177-182. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000200004.

OBJETIVO: conhecer o modo como a pessoa idosa institucionalizada organiza seus espaços para viver o cotidiano. MÉTODOS: Estudo de abordagem qualitativa que utilizou a estratégia de estudo de caso, realizado em uma instituição de longa permanência para idosos (ILPI), localizada na cidade de Fortaleza-CE. Participaram como sujeitos nove idosas residentes nessa instituição no período de abril e maio de 2006. Para a coleta de dados, foram usadas a observação direta não participante, com registro no diário de campoe a entrevista baseada no roteiro de história de vida. RESULTADOS: A reconstrução dos espaços individualizados foi pautada pela estrutura organizacional da instituição, utilização dos espaços comuns e como a idosa reorganiza seu universo particular. CONCLUSÕES: A (re) construção do cotidiano do idoso no contexto asilar é um processo complexo que necessita de esforço do idoso. Neste estudo, observou-se que as idosas estão conseguindo reestruturar suas vidas.

Palavras-chave : Idoso; Instituição de longa permanência para idosos; Habitação para idosos; Adaptação; Estudos de casos .

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês