SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número2Qualidade de vida no trabalho do enfermeiro da Atenção Básica à SaúdeConsumo nocivo de bebidas alcoólicas entre usuários de uma Unidade de Saúde da Família índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Acta Paulista de Enfermagem

versão impressa ISSN 0103-2100

Resumo

RODRIGUES, Flávia Fernanda Luchetti et al. Relação entre conhecimento, atitude, escolaridade e tempo de doença em indivíduos com diabetes mellitus. Acta paul. enferm. [online]. 2012, vol.25, n.2, pp. 284-290. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000200020.

OBJETIVOS: Relacionar o conhecimento e a atitude de usuários com Diabetes mellitus tipo 2 (DM2), conforme a escolaridade e o tempo da doença. MÉTODOS: Estudo de abordagem quantitativa, descritivo transversal realizado em uma Unidade Básica Distrital de Saúde do município de Ribeirão Preto, SP, em 2010. Foram entrevistados 123 usuários com DM2, que atenderam aos critérios de inclusão. Para coleta de dados, foram utilizados: Questionário de Conhecimento (DKN-A) e Questionário de Atitudes Psicológicas do Diabetes (ATT-19). Os dados foram obtidos por meio de entrevista dirigida. Para a análise, utilizou-se o teste Exato de Fisher. RESULTADOS: a média de idade foi de 63,87±9,09 anos, 4,54±3,66 anos de estudo, tempo médio de doença 11,18±8,64 anos. A escolaridade e o tempo de doença mostraram-se estatisticamente significantes (p<0,01 e 0,02, respectivamente) para a aquisição do conhecimento e prontidão para o autocuidado em Diabetes. CONCLUSÕES: escolaridade e tempo de doença são variáveis que influenciam o conhecimento e atitude do paciente com DM2.

Palavras-chave : Diabetes mellitus tipo 2; Conhecimento; Atitude; Escolaridade.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês