SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Functional assessment of elderly with cognitive deficitCouple and family relationships of adolescents post-pregnancy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Paulista de Enfermagem

Print version ISSN 0103-2100

Abstract

SETTERVALL, Cristina Helena Costanti  and  SOUSA, Regina Marcia Cardoso de. Escala de coma de Glasgow e qualidade de vida pós-trauma cranioencefálico. Acta paul. enferm. [online]. 2012, vol.25, n.3, pp. 364-370. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000300008.

OBJETIVO: Avaliar o desempenho de diferentes escores da Escala de Coma de Glasgow (ECGl) observados nas primeiras 72 horas pós trauma perante a qualidade de vida e mudança percebida do estado de saúde, após um ano do evento traumático. MÉTODOS: Estudo de abordagem quantitativa, observacional, longitudinal, descritivo e correlacional com vítimas de trauma cranioencefálico contuso (TCEC) avaliadas, diariamente durante a internação hospitalar, e após um ano por meio do Medical Outcome Study 36-item Short Form Health Survey (SF-36). RESULTADOS: sob as curvas Reciever Operator Characteristics dos valores da ECGl referentes à mudança percebida do estado de saúde não apresentaram diferença significativa e variaram de 0,63 a 0,71. Correlação, estatisticamente significante, porém fraca, foi observada entre os escores da ECGl e alguns dos domínios do SF-36. CONCLUSÃO: Verificou-se que os diferentes valores da ECGl apresentaram limitações para que fossem aplicados na prática clínica para estimar as consequências do TCEC a longo prazo.

Keywords : Traumatismos encefálicos; Escala de Coma de Glasgow; Prognóstico; Qualidade de vida.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese