SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3The clinical seminar as a learning methodology: an evaluation of nursing students' viewsAssessment of metabolic control among patients in a capillary glucose self-monitoring program author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Paulista de Enfermagem

Print version ISSN 0103-2100

Abstract

RODRIGUES, Cíntia Capucho; GUILHERME, Caroline; COSTA JUNIOR, Moacyr Lobo da  and  CARVALHO, Emilia Campos de. Fatores de risco para trauma vascular durante a quimioterapia antineoplásica: contribuições do emprego do risco relativo. Acta paul. enferm. [online]. 2012, vol.25, n.3, pp. 448-452. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000300020.

OBJETIVO: identificar a relação entre os fatores de risco para trauma vascular e o surgimento de eventos adversos de infiltração ou flebite por quimioterapia antineoplásica. MÉTODOS: Estudo de abordagem quantitativa observacional com 30 mulheres com câncer de mama. RESULTADOS: O tipo de material do cateter apresentou associação que sugere risco (RR=2,76; IC=1,199; 6,369); o fator velocidade de infusão apresentou RR=2,22; entretanto, IC= 0,7672; 6,436; os fatores trajetória, número de punção e mobilidade da veia apresentaram RR<1 mas não podem ser considerados como fatores de proteção. Local de inserção e a visibilidade da veia apresentaram risco próximo a 1. CONCLUSÃO: O uso de cateter com metal para punção venosa foi considerado neste estudo como fator para Risco de Trauma Vascular. A análise da associação pelo RR mostrou-se concordante com os dados da literatura pesquisada.

Keywords : Vasos sanguíneos [lesões]; Antineoplásicos [uso terapêutico]; Enfermagem oncológica; Fatores de risco.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese