SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue8Manda quem pode: a elite governante da cultura em Portugal (1976-2011)A constituição do menemismo na província de Buenos Aires author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciência Política

Print version ISSN 0103-3352

Abstract

NIESS, Alexandre. Carreiras políticas e nepotismo na Terceira República francesa (1871-1940). Rev. Bras. Ciênc. Polít. [online]. 2012, n.8, pp. 71-100. ISSN 0103-3352.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-33522012000200004.

Ainda que possa parecer improvável em um regime baseado no sufrágio universal masculino, as conexões familiares e o nepotismo cumpriram um papel extremamente importante na democracia representativa na Terceira República Francesa (1870-1940). Na verdade, essas práticas continuam importantes em algumas partes da esfera política até hoje. Este artigo examina detalhadamente as conexões e as práticas políticas no departamento de Marne, um espaço político onde vários tipos diferentes de conexões políticas operavam em distintos níveis. Usando o conceito de Sippe, concebido para o estudo de conexões familiares mais amplas no início da Idade Média, esta pesquisa estatística sobre família e política vai levantando diferentes camadas de influência familiar, em nível de municipalidade, conseil d'arrondissement, conseil général do departamento e parlamento nacional. Ela sugere que, em cada nível, diferentes tipos de conexões familiares eram vitais.

Keywords : Terceira República; parlamento; eleições locais; nepotismo; linhagem; França; redes familiares.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese