SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número13Entre o radicalismo e a resignação: teoria democrática em Direito e democracia, de HabermasA estabilidade e a efetividade da preferência partidária no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência Política

versão impressa ISSN 0103-3352

Resumo

YOUNG, Iris Marion. Desafios ativistas à democracia deliberativa. Rev. Bras. Ciênc. Polít. [online]. 2014, n.13, pp.187-212. ISSN 0103-3352.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-33522014000100008.

Neste artigo, Iris Young discute o papel dos protestos e da ação direta na democracia. Sua estratégia para avaliar os argumentos a favor e contra a ação direta é o diálogo hipotético entre duas personagens, uma ativista e uma democrata deliberativa. Considerando como ambas lidam com os conflitos e desigualdades nas democracias e como definem a boa cidadania, ela discute os limites e potenciais dessas abordagens teóricas e práticas. Revelando conflitos que não podem ser ultrapassados e possíveis continuidades entre elas, a autora destaca que os protestos são tão necessários às democracias quanto o diálogo e a persuasão. Faz, assim, a crítica ao potencial paralisante da democracia deliberativa, em sua busca por consensos amplos.

Palavras-chave : ativismo; deliberacionismo; democracia; protestos; ação política direta.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons