SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número30Juventudes partidárias no Brasil: motivações e perspectivas dos jovens filiados a partidos políticosSoberania e responsabilidade internacional humanitária: avaliando o processo de ajuste normativo no âmbito da ONU índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência Política

versão impressa ISSN 0103-3352versão On-line ISSN 2178-4884

Resumo

SELL, Carlos Eduardo. Carnaval revolucionário: Max Weber e a Revolução de Novembro (1918-1919) na Alemanha. Rev. Bras. Ciênc. Polít. [online]. 2019, n.30, pp.159-198.  Epub 10-Fev-2020. ISSN 2178-4884.  https://doi.org/10.1590/0103-335220193005.

O artigo discute os impactos do processo revolucionário de 1918-1919 na Alemanha na análise de Max Weber sobre o socialismo. Demonstra-se como sua interlocução com as teorias econômicas de Otto Neurath e sua análise crítica da atuação dos intelectuais e das lideranças políticas deste movimento refletem-se nos seus escritos de sociologia econômica (em particular no segundo capítulo de Economia e sociedade - Categorias sociológicas fundamentais do agir econômico) e de sociologia política (em particular em Política como Profissão). Suas reflexões econômico-políticas sobre o socialismo são contextualizadas e articuladas com sua teoria da racionalização. O socialismo é interpretado sociologicamente partir das categorias da burocratização e do carisma, bem como a partir da antinomia entre racionalidade formal e material.

Palavras-chave : Max Weber; Socialismo; Revolução; Conselhos; Revolução de Novembro.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )