SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número58A comida dos favelados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Resumo

SOLYMOS, Gisela Maria Bernardes. A centralidade da pessoa na intervenção em nutrição e saúde. Estud. av. [online]. 2006, vol.20, n.58, pp.109-122. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142006000300013.

A ASSISTÊNCIA em saúde tem vivido um enorme avanço tecnológico nos últimos cinqüenta anos; não obstante, a preocupação com o fator humano tem merecido espaço cada vez maior nas pesquisas e intervenções dessa área. Para lidar com o homem, porém, é preciso considerar dois fatores: a experiência vivida da pessoa e a atuação de sua liberdade no processo decisório. Em condições extremas de pobreza, como é o caso da desnutrição, a pessoa pode fazer experiências de solidão, impotência, fatalismo, velamento, não-realização de um ideal e debilidade física e psíquica. Uma intervenção em saúde junto a essa população deve considerar tais condições. Deve, ao mesmo tempo, afirmar a liberdade incondicional de cada pessoa e o fato de ela se mover por um desejo infinito de felicidade. Pesquisas recentes demonstram que a felicidade tem influência direta sobre a saúde física. Portanto, para que uma intervenção em nutrição e saúde tenha êxito, é necessário considerar que significado ela terá para a vida - e para a felicidade - das pessoas envolvidas. A consideração operativa desses fatores contribuirá para que a atuação seja efetiva e duradoura.

Palavras-chave : Desnutrição; Pobreza; Pessoa; Experiência vivida; Intervenção em saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons