SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número75Inclusão, democracia e novo-desenvolvimentismo : um balanço histórico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014

Resumo

GUILLEN, Arturo. México, ejemplo de las politicas anti-desarrollo del Consenso de Washington. Estud. av. [online]. 2012, vol.26, n.75, pp.57-76. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142012000200005.

A partir dos avanços conseguidos pelo "novo-desenvolvimentismo", o artigo examina as políticas macroeconômicas implementadas no México no contexto do Consenso de Washington, as quais, no caso mexicano, foram institucionalizadas com a assinatura do Tratado de Livre Comércio de América do Norte (TLCAN). Este tratado consolidou o modelo neoliberal e agrilhoou a sorte da economia mexicana ao desempenho da economia dos Estados Unidos. No artigo, a economia mexicana analisa-se como um caso paradigmático dos efeitos anticrescimento, de desarticulação dos sistemas produtivos e desestabilizadores das políticas pró-cíclicas inspiradas no Consenso de Washington. Conclui-se que os principais obstáculos para levar à prática uma estratégia alternativa de desenvolvimento no México, orientada ao crescimento sustentável com equidade, são políticos e residem na dominação do poder político por uma oligarquia financeira rentista que carece de qualquer ideia de projeto nacional. 

Palavras-chave : México; Consenso de Washington; Estagnação econômica; Novo-desenvolvimentismo; Estratégias de desenvolvimento; Nafta (TLCAN).

        · resumo em Espanhol     · texto em Espanhol | Inglês     · Inglês ( pdf ) | Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons