SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número85Avanços e dificuldades para o mercado de trabalhoPoder, emprego e política econômica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Resumo

CARDOSO JR, JOSÉ CELSO. Trabalho, proteção social e desenvolvimento. Estud. av. [online]. 2015, vol.29, n.85, pp.87-103. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142015008500007.

A primeira década do novo milênio, mormente o período 2003-2013, cumpriu - entre outras - função didática nos embates acadêmico e político brasileiros. Após praticamente 25 anos de dominância ideológica liberal e tentativas de implementação de diretrizes e soluções desregulamentadoras, privatistas e internacionalizantes, com resultados pífios ou nefastos sobre indicadores clássicos do comportamento macroeconômico e do mercado de trabalho nacional, houve em período recente a contestação empírica e teórica da alegada supremacia daquelas formulações. A fim de captar esse movimento, este texto busca contrapor o desempenho dos padrões de desenvolvimento liberal (década de 1990) e desenvolvimentista (primeira década de 2000) e os seus impactos sobre o mundo do trabalho e a proteção social previdenciária em cada um dos respectivos períodos. As diferenças entre ambos é um dos traços mais significativos do momento histórico de transição entre o modelo liberal parcialmente implementado na década de 1990 e essa fase atual de novas - mas ainda incertas - possibilidades de desenvolvimento na qual se encontra o país nos dias que correm.

Palavras-chave : Padrões de desenvolvimento; Mercado de trabalho; Proteção social; Liberalismo; Desenvolvimentismo; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )