SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número89Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamentoConflitos hídricos na gestão dos reservatórios Billings e Barra Bonita índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Resumo

ALTOE, Leandra et al. Políticas públicas de incentivo à eficiência energética. Estud. av. [online]. 2017, vol.31, n.89, pp.285-297. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/s0103-40142017.31890022.

Políticas públicas de incentivo à conservação de energia têm sido empregadas em vários países, a fim de reduzir o consumo de energia e as emissões de gases de efeito estufa. Objetivou-se com este trabalho analisar as políticas públicas brasileiras de promoção à eficiência energética, bem como desafios e oportunidades relacionados. Experiências têm demonstrado que é imprescindível que o governo formule um planejamento energético estratégico, que contemple medidas de incentivo ao uso racional de energia, tanto na gestão do lado da oferta quanto na do lado da demanda, para reduzir o risco de uma crise energética no país, como já ocorrido no passado recente.

Palavras-chave : Uso racional de energia; Potencial de conservação de energia; Planejamento energético; Instrumentos legais de incentivo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )