SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue50Labor market and poverty: discourse and evidences in the recent Brazilian trajectoryMetropolitan dynamics and socioespatial segregation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Caderno CRH

Print version ISSN 0103-4979

Abstract

TORRES, Haroldo da Gama  and  BICHIR, Renata. Conseqüências da segregação residencial para as Políticas Públicas: o caso do atendimento básico em saúde em São Paulo. Cad. CRH [online]. 2007, vol.20, n.50, pp. 245-259. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792007000200005.

O artigo procura avaliar as conseqüências da segregação residencial, ou seja, da concentração espacial de certos grupos sociais, para as condições de acesso da população mais pobre do município de São Paulo à política de saúde, focando especialmente sobre as condições de acesso ao atendimento básico de saúde. Dialogando com abordagens que procuram explicar as condições diferenciadas de acesso a políticas públicas, o artigo argumenta que variáveis de diversas naturezas demográficas, institucionais, espaciais, relativas ao associativismo, entre outras devem ser consideradas, de modo a construir um cenário mais completo das situações que condicionam o acesso às políticas públicas. Para tanto, os autores basearam-se em um survey realizado pelo Centro de Estudos da Metrópole (CEM-CEBRAP) em novembro de 2004, que serviu de instrumento para a avaliação dessa política.

Keywords : políticas públicas; políticas de saúde; segmentação urbana; pobreza e desigualdades; São Paulo.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese