SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue51Inertias and tranformations in the labor relations of Uruguay in the conrnerstone of the processes of regional integrationA new synthesis? The social calendar of the Uruguayan left in two years of government author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Caderno CRH

Print version ISSN 0103-4979

Abstract

ROSENFIELD, Cinara L.. Paradoxos do capitalismo e trabalho em call centers: Brasil, Portugal e Cabo Verde. Cad. CRH [online]. 2007, vol.20, n.51, pp. 447-462. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792007000300006.

O objetivo deste artigo é compreender o contexto do trabalho na chamada sociedade da informação e as diferentes formas de trabalho que nela se desenvolvem, em especial o teletrabalho em call centers. Diante de um novo paradigma tecnológico, característico da era da informação, trata-se de analisar as diferentes configurações do trabalho. O trabalho em call centers parece condensar as ambigüidades de um trabalho informacional com alto controle, o que o colocaria entre as esperanças do pós-taylorismo e os temores do neo-taylorismo. A Teoria Crítica de Axel Honneth permite-nos pensar a experiência do trabalho no seio daquilo que o autor intitula "paradoxos do capitalismo". O significado do trabalho, em sua dimensão social, ganha força ao ser demonstrado que o "novo capitalismo" logra produzir progresso moral, baseado nos legados do Estado Social e do modelo taylorista e fordista de trabalho, e, simultaneamente, produz o seu contrário, ao erodir o alcance emancipador dessas normas e valores. Este estudo analisa o trabalho em call centers em três países de língua portuguesa: Brasil, Portugal e Cabo Verde.

Keywords : paradoxos do capitalismo; trabalho informacional; call centers; mobilização subjetiva no trabalho e lógica instrumental.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese