SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue54On "politics": with Schmitt and in spite of SchmittSocial movements and democracy: the two sides of the "borders" author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Caderno CRH

Print version ISSN 0103-4979

Abstract

GOHN, Maria da Glória. Abordagens teóricas no estudo dos movimentos sociais na américa latina. Cad. CRH [online]. 2008, vol.21, n.54, pp. 439-455. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792008000300003.

O trabalho objetiva analisar o cenário do associativismo civil na América Latina, destacando seus movimentos sociais e as interpretações teóricas que têm sido realizadas sobre eles, tomando como ponto de vista algumas categorias utilizadas e as teorias que lhes dão suporte. O texto parte de uma breve caracterização do cenário latino-americano, segundo seus principais movimentos sociais, destacando-se algumas das alterações que vêm ocorrendo a partir do desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o social, em parceria com a sociedade civil organizada. Apresentam-se teorias e teóricos que têm pesquisando sobre os movimentos sociais na América Latina e analisam-se duas categorias teóricas bastante utilizadas na atualidade: rede e mobilização social. O texto conclui com a seguinte observação: há um novo cenário no associativismo civil, e o leque de teorias e interpretações é diverso. Entretanto, políticas de identidade têm sido construídas para "incluir" grupos e associações, mobilizadas por governos via políticas públicas. Categorias operacionais de intervenção social na realidade vêm sendo ressignificadas nos marcos de uma política de inclusão conservadora, gerando novas leituras e interpretações teóricas sobre a realidade social.

Keywords : movimentos sociais; teorias; associativismo; redes; mobilização social.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese