SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue62Urban experience in Benjamin's comments on Brecht poems author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Caderno CRH

Print version ISSN 0103-4979

Abstract

MELO, Rúrion. Teoria crítica e os sentidos da emancipação. Cad. CRH [online]. 2011, vol.24, n.62, pp. 249-262. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792011000200002.

A tradição de pensamento conhecida como Teoria Crítica, que conta com os nomes de Horkheimer, Adorno, Marcuse e Habermas, entre muitos outros, é composta por diferentes modelos críticos. Encontramos, numa mesma geração ou ainda num mesmo autor, diferentes formulações da crítica social apoiadas em diagnósticos do tempo renovados. O presente artigo procura pensar as condições de renovação dos diagnósticos a partir da qual os obstáculos à emancipação ou potenciais emancipatórios, quando presentes numa dada sociedade, sejam considerados e analisados de modo crítico. Essa renovação implica desvincular a fundamentação normativa da crítica do "paradigma produtivista" e conceber as lutas emancipatórias na pluralidade de seus sentidos.

Keywords : teoria crítica; emancipação; novos movimentos sociais; democracia.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese